V EDIÇÃO - 25 JUNHO 2017

sexta, novembro 24, 2017

Quinta da Paiva

A Quinta da Paiva, local onde se localiza o Parque Biológico da Serra da Lousã, resulta de uma parceria entre a Fundação ADFP e o Município de Miranda do Corvo.

O Parque Biológico reúne um vasto conjunto de animais representativos da fauna portuguesa. O objetivo é dar a conhecer a vida selvagem de Portugal e não de criar um zoológico tradicional mas sim um local que seja capaz de mostrar, em ambiente próximo do natural, algumas espécies que habitam o território português. Destacamos de entre os vários animais o veado, o corço, o lince, o urso, o muflão, aves de rapina, entre outros.

No parque existe igualmente uma quinta pedagógica onde estão reunidas várias espécies de animais domésticos autóctones do nosso país, o primeiro labirinto de árvores de fruta no Mundo e um centro hípico com equitação adaptada.

O que distingue este parque de outros parques é o facto de ter como objetivo dar a conhecer os animais de Portugal, quer domésticos quer selvagens.

O Centro Hípico, para além de uma atividade lúdica e desportiva, gera postos de trabalho no tratamento de cavalos, promove a hipoterapia e a equitação adaptada. A prova do sucesso é um cavaleiro deste Centro Hípico ter representado Portugal em Atenas em 2004, a primeira representação nacional nos jogos paraolímpicos.

O turista não só pode divertir-se, aprofundar a biofilia, apaixonar-se pela natureza, aprendendo a valorizar o ambiente, como apoiar um projeto que integra trabalhadores deficientes, associando a ecobiótica a fins terapêuticos como hipoterapia com deficientes e terapia ocupacional com pessoas com doença mental.

O visitante goza o prazer do conjunto turístico, onde há um restaurante museu vivo da gastronomia regional, apoiando um inovador projeto de combate à pobreza, criando emprego para pessoas excluídas.

No espaço da Quinta da Paiva projetou-se a realização de um espaço turístico de lazer, englobando vários equipamentos/projetos que têm o mesmo fim: promover turisticamente o Concelho e a região e dar trabalho a pessoas carenciadas e/ou com deficiência.

A Quinta da Paiva é uma área urbana de lazer onde se encontram localizados vários equipamentos lúdicos e desportivos, nomeadamente piscina descoberta, circuito de manutenção, centro de informação, campos de jogos, área verde junto ao rio, que são propriedade do Município e geridos pela Câmara Municipal.

O Município possui também peças de ecomuseu como o açude, levada, nora de elevação de água e moinho de cereal movido a água.

A Fundação ADFP, no Parque Biológico, complementa este ecomuseu com a bomba manual e engenhos de elevação de água para rega de pé, movidos por bovinos, a picota, o sarilho e um antigo moinho movido a vento.